"Marmita de Panqueca Sem Lactose de Carne com Batata Doce, Cenoura e Brócolis"

Série Marmitas da Priscila Beneducci
  • merenda nutricional diária delivery (de vez enquando rola 1 bento),  
  • marmitas refeições frescas (onde brinco + de cozinha,  nasce + meus bentos), 
  • potes
  • e refeições congeladas.
Panquecas sem Lactose é acerto em cheio.
 Até hoje nunca conheci ninguém que não ame panquecas.
Panquecas Sem Lactose de Carne 
com Batata Doce, Cenoura e Brócolis
CONTÉM A ENZIMA LACTASE - leia no final da receita as orientações

Importante: O freezer irá ressaltar, sobressair o sal e os temperos aplicados, este cardápio descongelado ganha muita personalidade. Para não errar no preparo de refeições congeladas, agora no fresco e quente, acerte o sal um tiquinho menos. 

Massa de Panquenca Sem Lactose
rendimento 12 panquecas
  • 180 g - 3 ovos inteiros jumbos grandes 
  • 500 ml de água filtrada
  • 4 colheres (sopa) de leite em pó integral sem lactose
  • 60 g - 1/2 xícara (120 ml) de farinha de trigo
  • 60 g - 1/2 xicara (120 ml) de amido de milho
  • 1 colher (sobremesa) de sal
Refoga de Carne Moída:
  • oleo
  • 3 pimentas biquinhos frescas, picadinhas com tudo
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 cebola branca picada
  • 600 g carne moída refogada  (cada panquenca levara 50 g - 2 panquecas 100 g de carne moida)
  • suco de  1 limão
  • cominho
  • pimenta-do-reino 
  • orégano
  • tempero vinagrete seco à gosto
  • 2 tomates vermelhos picados com tudo
  • sal
  • cheiro verde 
Complemento da Montagem Sem Lactose:
  • 12 fatias de mussarela sem lactose - compre 2 pacotinhos de mussarela sem lactose fatia, cada vem 160 g com 7 fatias
  • 1 potinho de cream cheese sem lactose
  • 1 batata doce em rodelas
  • 1 cenoura em rodelas
  • 1 brócolis ninha
  • molho caseiro de preferência, ou comprado
Rendimento Testado: pela Priscila:
  • 6 marmitas de panquencas com 2 unidades
  • brócolis, a batata doce e a cenoura, usamos tudo, a única sobra é os talos de brócolis que ensaco e guardo no freezer para ser usado em outra receita.
Pilotando a cozinha com amor:

1 - Brócolis, batata doce e cenoura serão cozidas no vapor. Escolha uma caçarola e suporte para vapor que funciona. Tem diversos suportes para vapor no mercado. A peça leque abre e fecha, algumas vezes não fica aberta e reta, então coloco uma xícara de café cheia de água em baixo, para o leque abre fecha de inox não afundar. O cozimento em faço em água com sal, assim os legumes ganham um salzinho no cozimento. Terminou o cozimento, despeje tudo numa bacia com agua gelada, pode ser torneira (se água da torneira for das geladas) com sal, escorra.

talos de brócolis reserve no freezer
para fazer futura receita com eles

 2- Panquecas - Liquidifique, colocando um pinguinho de óleo na frigideira teflonada, faça 1 panquenca por vez, secou, virou, empilhe no prato.
3 - Recheio de Carne Moida - Faça uma refoga caprichada. Primeiro refogue só as pimentas biquinhos com alho, depois a cenoura, depois a carne moida. Mudou de cor, coloque suco de limão,  os tomates, tempere, sal, deixe apurar, os tomates soltam água,  e no fogo aguarde e secar. um pouco Finalize com cheiro verde. A mussarela dentro da panqueca, segura a carne moída ao comer.

4 - Montagem das panquecas - 1 Fatia de mussarela sem lactose,  50 g de carne moída, enrole apertadinho. Marmitas foram montadas com 2 delas. Enrola já fomos colocando nas marmitas

5 -  Dentro das marmitas, no espaço que sobrou, divida por igual porções de  batata doce, cenoura e brócolis. Por cima dos legumes, coloque colheradinhas de cream cheese sem lactose + um pouquinho de molho sobre cada panqueca.
6 - Refeições congeladas sem lactose, mantenha um prazo de 90 dias para consumo máximo. 

refeições congeladas 
mantenha 
sempre que possível o padrão
profissional mínimo
400g unid.


7 - Eu já faço sempre 2 receitas de panquecas de 1 unica vez, 24 unidades. As sobras congelo, já deixo no jeito, para aproveitar durante o mês para montagem com outras refogas sempre nascem, que poderá ser doce ou salgada sem lactose.

Panquecas sem lactose, não estranhe, é o prato pronto sempre acaba 1.o do estoque sem lactose do freezer. Sucessso! Ótimo.
___________________________________
ORIENTAÇÕES SOBRE 
ALIMENTAÇÃO SEM LACTOSE

1) A criança ou adulto com intolerância à lactose, passa por fases diferentes durante o ano. Tem semanas que está com altíssima intolerância,  tudo e  + um pouco faz  mal para ele(a),  mal estar (leve ou forte), enjoos (com vômitos leves ou  agressivos),   precisando algumas vezes sairmos correndo todos  para o pronto socorro hospital. O nível de intolerância só abaixa ou quase zera, se alimentando direitinho, recorrendo raramente ao comprimido enzima lactaseMantendo esse nível baixinho de intolerância, durante o ano todo, sem passar mal,  principalmente os pais + restante da  família,  tocam a vida com normalidade.

2) O custo mensal $ de bancar uma alimentação sem lactose é alto. Para algumas casas, famílias, chega  a ser + caro $ que a soma das despesas $ das necessidades de idoso em casa.

3) Administrar o dinheiro $ investido em ingredientes sem lactose com inteligência,  é trabalhando com  o FREEZER.
Pode reparar negócios sem lactose com sucesso, uma boa parte da linha produtos sem lactose  deles são de freezer.  Quando  acertarmos comprar pronto $  e fazer receitas sem lactose em casa $, você perceberá que na sua casa, terá  2 gavetas no freezer:  1 gaveta freezer de doces sem lactose e outra gaveta freezer para salgados sem lactose.

4) PARE DE RECLAMAR:
Se na sua casa mora 1  criança ou adolescente com intolerante à lactose, acabe com a mania de conversar perto dele:
  • Reclamando do custo alto das compras sem lactose. 
  • Reclamando, droga, tenho sair de novo,  não comprei as coisas sem lactose, vou ter passar em lugares diferentes para comprar tudo.
  • Reclamando que não comeu direito que foi comprado sem lactose.
  • Reclamando que não comeu direito que foi preparado em casa sem lactose . As receitas sem lactose é mundo que + decepcionou até hoje.  Tem receita sem lactose é difícil demais de engolir pra dentro, caro de fazer, caro de comprar.  O caro no mundo sem lactose não é garantia de sucesso (diferente da pâtisserie normal que sempre é um sucesso),  não desse pra dentro, rejeitamos. 
  • Natural a família criar sem querer sendo,  a RAÇÃO SEM LACTOSE semanal, mensal,  para esse filho. A ração é aquela lista de compras sem lactose de sempre que a família consegue comprar $ + aquelas receitas sem lactose  caseiras de sempre. São sempre as mesmas receitas, durante o ano todo.  Enjoa-se rápido dessa ração,  está longe de ser um cardápio ideal.
  • Tem pré-adolescente ou adolescente com intolerância a lactose,   se isola no quarto, disfarçando enquanto passa mal.  Já desabafou, dizendo que é melhor  disfarçar o mal estar, que  comentar que esta passando mal, porque  todo assunto sem lactose, rola  muita reclamação  financeira $ de um certo pai ou mãe.  O ano  inteiro rola nessas condições ruins. Seus pais levam a vida com normalmente, indiferentes, sem ter levado à sério de verdade, que filho tem intolerância à lactose informado pelo médico. São famílias que não percebem o disfarce do filho(a), também não compram o ideal sem lactose, não fazem caseiramente o ideal sem lactose e  não fazem os exames semestrais de sangue.  Só o resultado desses exames semestralmente, revelaria novamente o nível alto da intolerância do filho(a).
  •  A criança ou adolescente, se sente um peso $, se sente um estorvo,  infeliz o tempo todo ou com frequencia,  recebendo esta reclamação  toda em  casa,   que o leva a depressão e ou  com outros comportamentos negativos.
5)   SEM GLUTÉN + SEM LACTOSE
Raramente compre, raramente  faça em casa . 
O casadinho SEM GLUTÉN + SEM LACTOSE deverá ser ingerido raramente, como é ingerido raramente a pílula enzima lactase. Sem glutén é mix para pessoas celíacas. Sem glutén virou moda dieta dos famosos, que viralizou, é uma moda perigosa.  Os pesquisadores da universidade de Harvard, publicou oficialmente, alertou mundialmente, que o consumo de comida sem glutén contínuo por pessoas normais (que podem comer glutén), o levará a desenvolver no futuro uma  diabetes tipo 2 outras doenças.  Nem pensar, "não mesmo" transformar seu filho(a) com intolerância à lactose "por sua iniciativa própria", em lowcarb ou vegano sem acompanhamento médico trimestral e sem exames de sangue trimestral. Abaixo leia sobre lowcarb e vegano.

6) ENZIMA LACTASE:
Alimentação sem lactose, traz outro agravante perigoso para o restante da família que não tem esse problema. O restante da família não pode comer nada "que contenha a ENZIMA LACTASE". Degustando  micro porções da ENZIMA LACTASE, poderá desenvolver também a intolerância no futuro.  Desconfiamos, então só descobrimos, temos certeza, quando o outro membro da família começa a passar  mal com frequência. Ai,  financeiramente $, no futuro esta família terá despesa de comida sem lactose dobrada $ ou triplicada $.
  • Já percebeu como isso também acontece com primos e irmãozinhos? Aqueles que são criados juntos.  Quando 1 das crianças tem intolerancia a lactose,  depois o outro passa a ter intolerância a lactose também. Porque ingeriu micro doses de ENZIMA LACTASE.
  • Já percebeu como isso também acontece com mãe, vô e pai?  A criança tem intolerância a lactose, passou um tempo,  é a mãe, ou a vó ou pai,  passam a ter intolerância a lactose também. É instintivo,  degustarem o que  compraram tão caro, ou comerem as sobras do que custou tão caro.
  • Moral: Comida e doces sem lactose com ENZIMA LACTASE,  são exclusivamente para alimentação da pessoa que tem essa intolerância e + ninguém.
7)  FESTA SEM LACTOSE:
Vou aproveitar o gancho e falar sobre o assunto: Festa sem lactose, aniversário sem lactose, evento  sem lactose, importantísimo, repetitivo, se faz necessário  desenhar: Não poderá servir "receitas sem lactose preparadas contém a enzima lactase" para convidados adultos e crianças que não tem essa intolerância (os normais, não gosto deste termo): 
  • Vire e mexe leio nas redes sociais, a mãe encomendou bolo festa  sem lactose e serviu para todas  15 crianças da escolinha creche,  comum acontecer em escola particular, como   essa mãe  foi boazinha, que mãe maravilhosa! Pagou bolo de aniversário sem lactose para todos comerem juntos sem preconceito.  Senhor Jesus salve, proteja nossas crianças da falta de informação dessa mãe, +  da falta de informação dessa professora, + a falta de informação da boleira que aceitou fazer essa encomenda. NÃO PODE
  • Servimos insulina para  todas crianças no aniversário, porque tem 1 criança diabética na escolinha. Não servimos. Aqui a solução é + simples, ainda uma solução cara $, servimos bolo festa diet.
  • Servimos a pílula,  o remédio que a psicológa ministrou para  aquela criança hiperativa ou com falta concentração para todas  crianças da escolinha? Não servimos
  • Não podemos servir brigadeiro sem lactose  que contém a "ENZIMA LACTASE"  para todos.
  • Não podemos servir bolo festa sem lactose para todos preparado com ingredientes contenham a ENZIMA LACTASE. Esse digo por conhecimento da área, 98%  das receitas por encomenda  festinha contém  sim a "ENZIMA LACTASE".
8) OBESIDADE:
Está nascendo uma geração de  crianças e adolescentes OBESOS COM INTOLERÂNCIA A LACTOSE.  Resultado do conforto de comprar produtos de geladeira e pacotinhos sem lactose + acessíveis de pagar $, prontos. É necessário ler com atenção a embalagem.   Não  está tão caro $, acessível de comprar, acorda? No mundo sem lactose, não existe o barato, existe o acessível.  O acessível a maioria é a obesidade embalada. Nós compramos, em geral são feitos de gordura vegetal hidrogenada, pozinhos saborizantes (contém de tudo) com muito açúcar.

9) RECEITAS SEM LACTOSE:
Em casa, você garante que  seu filho(a) comerá  o melhor,   nesse estilo de vida sem lactose:  
  • fruta de verdade na receita
  • horta de verdade na receita, 
  • óleo de coco (pastoso caro), mesmo levando óleo de milho na receita caseira, temos maior controle da quantidade de óleo que o filho sem lactose ingere no mês.
  • ghee (manteiga de vaca sem lactose pastoso ou líquida, caro), 
  • leites veganos (de amêndoas,  de castanhas, de aveia, de soja, etc.),
  • as pastas  vegetaistem diversos nomes alguns chamam de manteiga sem lactose , outros de queijos sem lactose (a base nuts frutas secas),
  • leite em pó sem lactose comprado (contém enzima lactase),
  • leite condensado sem lactose comprado (contém enzima lactase),
  • creme de leite sem lactose comprado (contém enzima lactase),
  • queijos sem lactose da geladeira do supermercado (contém enzima lactase)
  • farinha de maracujá +  farinha de trigo  (emagrecedor),
  •  farinha de berinjela + farinha de trigo  (diminuir o açúcar e gordura), 
  •  farinha de grão de bico + farinha de trigo (remédio para depressão ou infelicidade, pózinho da felicidade),
  • aveia  + farinha de trigo (agarra com ela as gorduras que encontrar pelo caminho dentro do corpo),
  • quinoa em flocos ou grão (multi nutritivo)
  • frutas secas em geral, em especial a castanha-do-pará (contém selênio).
10) SERVINDO RECEITAS CASEIRAS SEM LACTOSE:
  • Evite sempre, se for alimentar crianças, pré-adolescentes e adolescentes, fazer qualquer receita sem lactose e deixar lá para ser devorada à vontade, terminada no dia ou nos próximos dias,  por diversos motivos.
  • Sua receita  caseira  se transformará  num veículo para obesidade com intolerância à lactose, se você liberar para comer a vontade, até acabar. Seu filho(a) irá engerir além das calórias diarias corretas.
  • Comerá a mesma coisa, o mesmo sabor  por  2 a 3 dias, faz enjoar de qualquer receita boa sem lactose. Ai quando você resolver fazer de novo, não será + desejado.   Aquela lembrança degustativa emocional de gostoso não existirá, existirá só a  lembrança emocional de ter a obrigação de comer aquela receita sem lactose, porque tem comer tudo, por ser tratar da  receita sem lactose, tudo gira em torno do assunto "sem lactose",  na casa, rola uma falazada  sobre dinheiro $, sempre. 
  • Administre as receitas sem lactose, sempre que possível, no freezer. 
  •  Ensine a comer sempre no prato de louça. Descarte a embalagem. Emocional é dose, para uns atinge de jeito, para outros, de outro jeito. Conheço alguns ficam depressivos com tempo, se alimentando em casa só embalagens descartaveis, com cara de marmita. Não fica reclamando que tem louça para lavar. Educa também a lavar a louça da casa toda, não só a pessoal dele(a). O mundo sem lactose é cheio de restrições, não precisa emocionalmente aumentar essas restrições em casaComer na louça faz bem tremendo para o emocional. A comida ficará sempre + bonita. A comida será naturalmente + valorizada!
11) Sobre a   famosa cura da intolerância à lactose, vindo da alimentação da comida vegana ou da comida lowcarb.  
  • Comer comida vegana ou lowcarb também tem ter cacife $, poder $, para bancar este estilo de vida. Tem custo muito próximo ou igual ao mundo sem lactose. 
  • A  família  que tem essa rotina de compras sem lactose,  ouviu que existe cura da lactose comendo comida vegana e lowcarb, é natural tentar.  Ainda  + família com rotinas sem lactose, foram obrigados, foram disciplinados arrumar tempo e  aprender a fazer comida sem lactose. Vejo essa  troca  técnica acontecer do dia para noite com os outros, atrás do milagre imediato.
  • Ser vegano ou ser lowcarb tem ter perfil para isso, com emocional libertador de suas memórias degustativas. Terá  que estar disposto a comer num sábado a noite,  algo tipo uma  pizza de abobrinha com queijo tofu ou as diferentes receitas lowcarb. Além de conviver com o resto da família que comerá comida normal, aquela pizza normal cheirosa,  você com seu vegano ou lowcarb. Impor  o estilo de vida vegano ou lowcarb para outros da família, causa um  enorme stress, poderá destruir e criar um afastamento a curto prazo  entre as pessoas dessa família. Ser vegano, ou  ser lowcarb, terá que ser uma decisão individual.
  • Alguns especialistas citam que temos uma nova geração de jovens doentes, que comeram esta comida sem acompanhamento de 1 nutricionista.  
  • Com acompanhamento mensal nutricionista ok, perfeito,  vai controlando e fazemos exames  sangue a cada 3 meses completo, checando tudo, para o objetivo saúde vegana ou saúde lowcarb acontecer.  
  • Sem acompanhamento mensal do nutricionista,  não, esquece. Sem  registrar a  agenda diária o que comeu, + os selfies do que comeu diário, para seu  nutricionista analisar esses registros, não faça essa troca radical de alimentação  com você, muito menos  com seu filho(a) com intolerância a lactose por conta própria.
12) De 6 em 6 meses, o adulto, o adolescente, a criança  com intolerância a lactose, deve fazer exames de sangue  com pedido completo, analisar tudo:  as vitaminas, colesterol, glicemia, etc.  A alimentação errada sem lactose, eleva todos os índices  rapidamente. O check-up semestral com exames de sangue,  alerta, te obriga a procurar ajuda, para controlar, evitar a obesidade do cardápio ERRADO   da comida sem lactose. 
___________________________________

Volte sempre.
Beijos
Priscila Beneducci



www.bolospriscila.com.br



"receita sem lactose", "receita de comida sem lactose", "receita de marmita sem lactose", "receita de panqueca sem lactose", "receita com mussarela sem lactose", "receita", "recipe", "cozinha brasileira"
#semlactose  #receitasemlactose #comidasemlactose #receitadecomidasemlactose #marmita #marmitasemlactose #receitademarmitasemlactose #receitadepanqueca #panqueca #panquecasemlactose #cozinhabrasileira #receita #recipe















Comentários