Total de visualizações de página

segunda-feira, 29 de março de 2010

"Torta Rústica da Fazenda" - da Nestlé

Mineirando com Priscila...

Torta Rústica da Fazenda
Almoço ou Mesa de Café ou Falsa Janta
Tipo Escondidinho


Massa de Mandioquinha:
  • 1 kg de mandioquinha em purê (cenoura branca como se chama em Minas - aproximad pegar 12 raizes dela- raspar a casca com faca, coloque água para ferver, levantou fervura só então coloque a mandioquinha, cozinhe em pouca água, escorrida e quentinha esprema manualmente no espremedor de batatas)
  • 4 ovos inteiros - batidos na batedeira até triplicarem de volume
  • opcional da Pri - 1 pitadinha de cremor de tártaro - para estabilizar o volume conquistado
  • sal
  • 1 pitada de Fondor Maggi (pitadinha mesmo, que Fondor é um pozinho de sabor + forte que qualquer caldo em tablete Maggi - tempero em pó de vidirinho para aves, arroz e legumes)
  • 2 cxs. de creme de leite 200 g tipo UHT - ou 1 lata inteira com soro



Recheio Mineiro
Calabresa + Queijo Minas + Couve Manteiga:
  • 2 colheres (sopa) oleo de milho ou azeite
  • 2 gomos - linguiça calabresa defumada em rodelas (400 g)
  • 1 maço de couve manteiga filetado
  • 200 g de queijo mineiro curado ou semi-curado (usei o Canastra fresco)
Gratinar - Cobertura:
  • parmesão ralado ou queijo mineiro Canastra esmigalhado
  • orégano



Rendimento Testado pela Priscila:
  • almoço para 6 adultos a mesa - com repeteco
  • esta torta é almoço ou falsa janta
  • tipo Nhoque, vc come um pouco, sustenta, gostoso e alimenta.
  • não use - refratario antigo médio com 3 cm de altura que ele tem só 2 litros internos.
  • use - tamanho correto - para nascer cremosa e com casquinha- é o tamanho na conta - refratarios médios que tenha a capacidade interna de 2,5 litros
  • ou use - num quebra galho- fazendo direto no refratario 3 litros, só que ficará + cascuda (por baixo e por cima) menos cremosa e + baixa.

Pilotando a Cozinha com Priscila:


1 - Unte a fôrma refrataria de mesa escolhida com margarina e enfarinhe com: fubá mimoso, ou farinha de trigo, ou farinha de rosca e ou farofa temperada da Yoki.


2 - Massa de Mandioquinha - Cozinhe a mandioquinha, esprema. Enquanto isso bata os 4 ovos na batedeira até triplicarem de volume com 1 pitadinha de cremor de tartaro (ocpional) para estabilizar o volume conquistado. Tempere as claras com Fondor e sal. Misture o creme de leite manualmente e por ultimo agregue manualmente o purê de mandioquinha. Nasce um purê + leve. Já aviso comendo não é suflê, é tora mesmo.

3 - Coloque metade do pure leve no refratario.




4 - Recheio Mineiro de Caçarola Vapt-vupt - Na caçarola refogue no óleo de milho as rodelas de calabresa defumada até dourar, retire com a escumadeira e reserve. No mesmo fundo sujo, refogue a couve-manteiga, é um sustinho, só para limpar o fundo do caçarola, para dizer que colocou, que fez alguma coisa, imediatamente, tire do foto ainda com cara de cru.

4 - Na montagem aplique sobreposto: rodelas de calabresa, couve-manteiga e queijo canastra.




5 - Cubra com a outra metade do purê aerado e nivele.


6 - Polvilhe parmesão ralado ou queijo canastra esmigalhado + orégano. Leve ao forno por 25 /30 minutos, preaquecido, até gratinar.

Sirva imediatamente como almoço ou falsa janta.

A Neslé mandou servir só com salada.

A verdade que tem sabor de almoço de mãe no capricho.
  • Calabresa Defumada - Passa sabor para tudo no forno, tempera a massa mandioquinha, tem sabor dela até no queijo derretido.
  • Canastra - Nesta receita é um pastel derretido saborizado de Calabresa. Canastra é sempre um queijo mineiro, estranho. Natural dele é bem salgado, o Canastra fresquinho é semi curado não é azedo. No forno o sal dele desaparece, não sei explicar como. Se se esfriar é melhor que mussarela, não vira casca dura de queijo, nasce numa textura + consistente que queijo de sorinho. Canastra é um curinga, maravilhoso derretido e perfeito para comer nas receitas que esfriaram.
  • Couve Manteiga - Mucha muito no forno, quase desaparece, perfeito para as chaturas da familia. Por isso tem ir meio crua na montagem. Crua não aconselho que ocupa muito espaço no refratario na montagem. Também só por causa disso.
  • Mandioquinha - Apesar das claras não nascerá suflê. Nascerá algo que te lembrará nhoque de mandioquinha + leve. Mesmo assim sustenta como almoçar Nhoque.
  • Melhor garfada - Essa massa de Mandioquinha sustenta é verdade, por isso que a Nestlé recomenda come-la só com Saladas. Mas almoço na cabeça da gente tem que ter arroz + feijão. A garfada desta Torta molhadinha no Caldinho de Feijão do prato é bom demais!


Fonte: Esta receita é do antigo quadro "Momentos Nestlé - Note & Anote - Tv Record". Eles ensinavam 1 receita por semana, se me lembro era sempre as quarta-feiras, no programa que foi apresentado na época pela Claudete Troiano.


Site - Tabela de Preços

https://www.facebook.com/bolospriscila



Instagram @Priscila.Beneducci
                   
31 2564-5124  - 31  9 9689-2342 whatsapp
contato@bolospriscila.com.br     bolospriscila@hotmail.com

8 comentários:

queila-cozinhaecia disse...

Que delícia de torta, ainda mais com tempero mineiro que me faz lembrar as minhas raízes. Vou experimentar assim que puder. Quero aproveitar ainda para elogiar o seu blog. Estou apenas iniciando o meu, inexperiente, mas o seu me animou e pretendo melhorá-lo cada vez mais e à medida que for aprendendo a mexer nele.
Um abraço mineiro para vc.

Talita disse...

Ai, Pri! QUe maravilha é essa?! AMei a couve no meio! Sem dúvida deliciosa!

Marly disse...

Pri,
Isso deve ser bom demais! Vou já copiar a receita.

Beijinho e bom dia!

Anakoelho disse...

Olá Pri!
Passando para uma visitinha...,sua torta ficou linda e com certeza mto gostosa.
Receita anotada!
Abração tudo de bom pra vc.



Ana.

Teresa Newman disse...

excelente sugestão, a torta está pra lá de apetitosa.parabens!

Emília disse...

Menina!!!Eu quero!!!
Tô aqui me contorcendo...rss
Beijinhos

Lenita disse...

Nossinhora! Isso é que é receita!
Bjs

Andréa e Carla disse...

Oi querida, passamos para desejar a
vc e toda sua família uma linda páscoa!!!
Fique com Deus
Bjokas
Andréa e Carla