Seguidores


I made this widget at MyFlashFetish.com.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

"Bife de Panela Acebolado" - da Palmirinha Onofre

Cozinha Básica...
Almoçinho da mamãe Priscila...

Bife de Panela Acebolado
da Palmirinha Onofre

A Palmirinha Onofre é outra professora da televisão que amo. Com ela aprendi a fazer direito o almoço da família.

Ela ficou uma semana antecipadamente fazendo propaganda do Bife de Panela Acebolado, receita muito antiga da mãe da Palmirinha. O markenting dela era uma receita que fazia os Bifes mais duros de Coxão-Mole ou Alcatra, que comendo ficavam no "ponto de garfo e faca", igualzinho a um Contra-Filé Acebolado na frigideira. Ficam mesmo!

Este é o Bife de Coxão-Mole que mais preparo aqui em casa. O Bife de Coxão-Mole Acebolado predileto do meu marido Alexandre.

É uma receita, um modus operante que depois da 1.a vez, a gente faz sempre. Quando não é a mistura do almoço, ele é o nosso bife acebolado quentinho para lanchar com pão, alface e maionese no brunch da família!

Já preparei este Bife com o tempero original da Palmirinha, com o meu Tempero, e até com outras ajudinhas tipo Maggi, Knorr e Sazons da vida. Eu conto o que deu e não deu certo. Siga exatamente as minhas orientações.

Receita imperdível! Como fala a Palmirinha...



Pilotando a Cozinha com Priscila
(hoje com fotos passo-a-passo):

Bandeja de 620 g de Bifes de Coxão-Mole do Carrefour


Bifes: Alcatra (foi o bife que a Palmirinha usou), Patinho, Coxão-Mole ou aquele Bife Paris do Carrefour (que fica perfeito nesta receita, já preparei com ele muitas vezes).

Pique no nervinho grossinho

Trabalhando com Tesoura de Cozinha - Todo mundo quer comer é Bifão e não Bifinhos. O bife de Coxão-Mole ou Alcatra, tem esses nervinhos, alguns mais larguinhos outros fininhos. Não vá cortando e transformando 1 Bifão do Carrefour de Coxão-Mole em 3 Bifinhos. No máximo 1 Bifão em 2 Bifes. Corte ao meio literalmente. Dê piques com tesoura de cozinha, em todos os nervinhos (finos e grossinhos) internos do bife. O nervinho, ou gordurinha da pontinha do Bife, você decide se tira ou não. Caso resolva não tirar, dê piques também com a tesoura. Os piques não permitem o Bife encolher virar uma bola concava.

Pique no nervinho fininho.

O Bife de Coxão-Mole ou Alcatra do Carrefour é mais caro, tem qualidade e cor. Vem na bandeja de isopor, por isso, precisa bater o martelo nele em casa. Se for comprar o Bife no seu açougueiro de bairro, peça para ele passar na máquina, para eliminar esta etapa. Não estrague o Bife. Apenas uma martela só de ponta a ponta. Ele ganha um pouco de tamanho de novo.


1. a Opção - Bife de Coxão-Mole com o Tempero da Palmirinha

Temperando os Bifes (nada de sal) - Tempero da Palmirinha Onofre: gotinhas de vinagre de vinho branco (não é agrin é de vinho mesmo para amaciar o bife de 2.a), molho inglês (a Palmirinha sugere 2 colheradas de sopa eu coloco 4 colheradas), molho de pimenta de garrafinha (usei Salsa de Pimenta Knorr Cica), + pimenta-do-reino preta moida (carne vermelha pede a do reino), + cominho em pó um pouquinho (carne vermelha pede também), 2 colheradas de sopa de Tempero da Casa sem pimenta da Ajinomoto (no vidrinho está escrito alho, colorau, curcumã, micro pedaçinhos de cebola, azeite e orégano).


2.a Opção - Bife de Coxão-Mole com o Tempero Mineiro da Priscila

Temperando os Bifes (nada de sal) - Tempero Mineiro da Priscila: gotinhas de vinagre de vinho branco (não é agrin é de vinho mesmo para amaciar o bife de 2.a), molho inglês (a Palmirinha sugere 2 colheradas de sopa eu coloco 4 colheradas), molho de pimenta de garrafinha (usei Salsa de Pimenta Knorr Cica), + pimenta-do-reino preta moida (carne vermelha pede a do reino), + cominho em pó um pouquinho (carne vermelha pede também), orégano, 1 pitadinha de colorau, 2 colheradas de sopa de Tempero caseiro Mineiro Verde de Geladeira sem sal.


Tempero Mineiro Verde de Geladeira sem Sal

Para quem não conhece é assim: 1 bandeja de dentes de alho descascado (tem de 250 g ou 300 g não importa), 1 maço de cheiro verde inteiro, 1 cebola branca, cortada em 4. Processe, vai no pulsar, abra raspe as laterais, quantas vezes forem necessário, até que sem ajuda de líquido nenhum, sozinho no processador ele gira se transformando numa pasta verde. Despeje dentro de um vidro, previamente escaldado internamente com chaleira de água fervente, que deixei secar sozinho de cabeça para baixo sobre um pano de prato (novo passado a ferro tirado da gaveta). Encha o vidro com a Pasta e jogue uns fioszinho de óleo de milho (tiquinho só). Dá uma misturada com faca (faca mesmo) e guarde na geladeira. Dura mais de 1 mês. Deixe na superficie sempre um micro fiozinho de óleo, que esta pasta não tem sal como conservante. O meu acaba em 3 semanas.

Dessa vez é almoçinho sem ajuda nenhuma da Maggi ou Knorr...

Grill Maggi - Dessa vez evite usar. - Nesta receita da Palmirinha, mesmo pulverizando só um pózinho de nada, o Bife nasce com sabor forte. Faça com uns dos 2 temperos que recomendei.

Amaciante de Carne Maggi - Dessa vez não use de jeito nenhum. - Ele é eficiente, amacia mesmo. O Bife de Panela Acebolado da Palmirinha é uma preparação de 45 minutos de caçarola, o Bife de Coxão-Mole nasce macio, ponto de garfo e faca, não aquele ponto de bife role que no garfo quebra sozinho. A ideia da receita é Patinho nascer no ponto de garfo e faca. Já usei um pouquinho de nada de Amanciante de Carne neste receita, o Bife ficou dilaçerado ou querendo desfiar. Tive que retirar ele desbotado da caçarola e esperar a reduzir o liquido da caçarola, sem bife. Resultado não ficou bom!

Montagem na Caçarola

Bife de Panela Acebolado da Palmirinha: azeite, 2 ou 3 cebolas brancas das grandonas em rodelas (eu uso 2 cebolonas), 2 tomates em rodelas finas, bifes temperados, sal (polvilhado bem pouquinho durante a montagem).
  1. Fora do fogo, no balcão, na Caçarola fria, começa o trabalho de montagem.
  2. Caçarola Teflonada de preferência (para poder colocar pouco óleo), se for de inox tem molhar melhor o fundo. Eu já preparei nas 2 em diversas vezes. A Teflonada é melhor.
  3. Fiozinho de óleo de milho
  4. Cama inicial: Uma boa camada de parte dos aneis de cebola e rodelas de tomates. Esta cama inicial protege a 1.a camada de bifes de ficar queimando, no preparo.
  5. Deite retinho 1 camada de bifes, lado a lado (costuma ser só 2 bifões no máximo 3 por camada).
  6. Polvilha só agora o sal na receita, um pouquinho de nada , direto no bife
  7. Camada de Rodelas de Tomate
  8. Camada de Aneis de Cebola
  9. Bife de Novo temperando direto na pele, repita em camadas de bifes.
A minha Caçarola costuma terminar com 3 camadas de bifes. O que sobrar, se sobrar, de rodelas de tomate e aneis de cebola cubra a última camada e pronto. Por cima finalize raspando todo o temperinho da tigela de bifes e caldinho (quase nada) que ficou para dentro da Caçarola também.

A Palmirinha falou para deixar 30 minutos no tempero, tem vez que tenho esse tempo, na maioria das vezes não. Meu almoço sempre tem que nascer no máximo em 1 hora de trabalho. Então eu tempero, monto e vai imediatamente ao fogo. Fica gostoso marinado ou não marinado.

Tampe a Caçarola com a montagem pronta. Leve ao fogo, na menor boca do fogão, fogo médio para baixo. Não mexa, não balançe e nem abra a tampa, esqueça por 25 minutos lá assim fechadinha.

Quando você abrir, estará com esta cara, cheia de água. Água que sorou da cebola, do tomate e também do próprio Bife. O Bife estará feio todo desbotado, com cara de comida horrorosa. É assim mesmo.

Então você agora com a colher de cozinha, dá uma revirada nele inteiro, tudo irá se misturar. A ideia é passar na revirada o bife de cima para baixo e de baixo para cima. Aumente a chama ao máximo para começar a redução e abafe completamente de novo. Se quiser de vez enquando remexa, mas, tecnicamente não precisa. Se for experimentar, estará faltando sal, é assim mesmo, não coloque mais.

Agora + 15 no máximo 20 minutos, aumentando a chama ao máximo, pode até trocar de boca de fogão para uma maior. Deixe reduzir até praticamente quase por completo. Só agora praticamente nos finalmentes ele fica bonito de novo. O bife ganha cor, geralmente não existe mais nenhum rodela de tomate, só a pele. Dá uma experimentada no sal. O molho inglês que você colocou no inicio, agora faz sua parte, ele aparece é aqui nos finalmentes, deixando tudo fica salgado no ponto e dando aquela cor que estava falando no durante.

Transfira para um louça, polvilhe um cheiro verde ou só cebolinha verde.

Acertou ou não fazer? Ponto exato textura de Bife de Garfo de Faca. Ponto errado é aquele Bife de Coxão-Mole ou Patinho que desmancha no só no garfo. Não esquente a cachola, ele é tão gostoso de comer, que na 2.a tentativa você acerta o ponto.

Sirva como Almoço, Janta, ou se quiser como eu faço de vez enquanto, quentinho como Lanche de Pão Francês, Maionese e Alface (brunch).

Ah não contei. Eu faço sempre considerando no mínimo 2 bifes para cada aqui em casa. A receita é tão boa, que se quiser preparar bife extra, não tem problema, o pessoal devora tudo, não sobra nada.

Rendimento Testado pela Priscila com Carnes Compradas no Carrefour:
  • 1 peça de Alcatra pacote a vacuo - pesava 2,116 kg (oferta do Carrefour), rendeu cortando em bifes aqui em casa 18 super bifes, daqueles perfeitos para bife roles (que dá para cortar ao meio ainda se quiser)
  • 1 kg de Bifes de Patinho - rendeu 7 bifões tipo rolês - que dá para cortar ao meio ainda, batendo no martelo ficam 14 bifes bons para esta receita.
  • 1 kg de Coxão-Mole comprado (miolo do meio da peça) - cortando em casa, corte borboleta rendeu também 7 bifões tipo rolês, que dá para cortar ao meio nascendo 14 bifes bons.
Espero que tenham gostado...

13 comentários:

Andrea Dohashi disse...

Acabei de chegar do trabalho, com uma fome danada, e ainda sou "obrigada" a ver isso?
Muita maldade! rs
beijos

Eliana Scaramal disse...

Esse bifinho tem cara de comida de mãe mesmo, que delícia!!

www.saboresdalica.blogspot.com

RetroMomentos disse...

hummm... vou testar hj essa receita... depois passo para dizer no que deu... não sou mto boa na cozinha, mas vou tentar! Bjs

Adorei e vou seguir seu blog!

Angela - Blog RetroMomentos
http://www.retromomentos.blogspot.com/

Anônimo disse...

vou pra cozinha agora!!!!!!!

Anônimo disse...

Olá Priscila, parabéns pela receita mas, o que me chamou mais atenção foi a maneira como você a descreve, simples e objetiva, além de prevenir os possíveis transtornos que normalmente acontecem com os principiantes. Seja sempre assim, que Deus te abençoe e continue te iluminando, para que você possa nos encher a boca d`água.
Abraço
Edison Basile

maria da penha - RJ disse...

FIQUEI ENCANTADA COM O VISUAL DE SUAS RECEITAS, PRINCIPALMENTE AS SOBREMESAS. GOSTO DE VER,QUANDO UMA MÃE CUIDA BEM DE SUA FAMÍLIA. E ISSO PRA MIM, É SINÔNIMO DE CARINHO. BEM, NEM SEI SE VOCÊ É MÃE.
UM ABRAÇO, E QUE O SENHOR A PROTEJA E A GUARDE.
MARIA DA PENHA LAGÔA

Anônimo disse...

Que lindo a maneira como vc explica o passo a passo da receita. Fica fácil demais fazer. Parabéns! Receita mais do que aprovada.

Unknown disse...

Olá, Priscila!

Que bom essa receita pra me salvar na cozinha... e adoro um bom bife de panela!

Só fiquei com uma dúvida: ponho as rodelas de tomate com as sementes, mesmo?

Vou experimentar a receita, obrigada!

Juliano Correia disse...

muito bom mesmo !!!!!!!!!!acabei de fazer uma delicia

Juliano Correia disse...

acabei de fazer e é uma delicia!!!!muito bom

Juliano Correia disse...

muito bom mesmo !!!!!!!!!!acabei de fazer uma delicia

Graça Silva disse...

estava acostumada a comer o que minha mãe fazia quando eu era criança, aliás horrorozo, então nunca tentei fazer,mas este que vc postou é dos deuses.Parabéns

Ana Maria disse...

Adorei essa receita. Fiz e ficou uma delicia. Maravilha. Parabéns e Obrigada em dividir.